pets no condomínio

Pets no condomínio? Saiba como conduzir.

11 de dezembro de 2017
Compartilhe

A adoção de animais para fazerem parte da família está cada vez mais comum no Brasil, até mesmo para quem mora em apartamentos e condomínios. Hoje, vamos falar um pouco sobre pets no condomínio e sobre como todos os moradores podem lidar com eles.

Pets podem ser um problema?

Adotar um bichinho pode ser algo muito bom. Porém, caso você more em condomínio, é importante saber qual é política adotada por ele em relação à animais.

Muitos condomínios já permitem a presença dos pets. Porém, é necessário que o dono do bichinho respeite as regras de convivência. Afinal, os animais são muitas vezes motivo de brigas e discussões entre os moradores. Entenda algumas das normas que normalmente devem ser seguidas:

pets no condomínio

Quais são as regras?

O condomínio não pode impedir a adoção de determinadas raças ou portes de animais. Porém, a sugestão para quem está considerando adotar um pet é optar por animais de menor porte, que consigam se adaptar melhor dentro de um apartamento, por exemplo. Mas isso vai a critério do dono!

Você precisa estar atento especialmente às áreas comuns do condomínio. Procure saber em quais espaços os pets podem circular ou não.

É importante também que os animais não provoquem barulhos constantes e que, mesmo dentro do apartamento, não exalem odores que incomodem os outros moradores.

Por fim, vale lembrar que, assim como em diversos outros casos, a regra maior é respeitar a boa convivência com todos os moradores do condomínio.

Compartilhe